sábado, 16 de novembro de 2013

FBI planeja reconhecimento de vídeo para automatizar identificação de 'suspeitos'

FBI está estudando o uso da tecnologia de reconhecimento de vídeo para identificar rapidamente os suspeitos, mesmo que tudo o que a câmera capture seja um "boné de beisebol azul" ou a "fadiga" de um suposto criminoso.

[Imagem: nextgov-medium.jpg]
Pense nisso como 'táticas policiais automatizadas para a geração YouTube'.

Enquanto os investigadores vasculharam manualmente vídeo para identificar os suspeitos Maratona de Boston bombardeiros, a vigilância inteligente de vídeo faria a varredura da cena do crime, comparando com outras filmagens de fitas de pessoas conhecidas, lugares e objetos para obter nomes e possível paradeiro.

De acordo com documentos, o FBI espera para ver as demonstrações da tecnologia até dezembro. A agência convidou empresários para apresentar propostas de projetos escritos até 13 de novembro. Até 30 fornecedores com sistemas promissores, até então, estão convidados a se apresentarem na sede do FBI em 11 de dezembro.

"O FBI está atualmente estudando o processamento de imagem digital e vídeo / capacidades de análise de imagens digitais para identificar as capacidades atuais de vídeo para resolução deste grande problema. Avaliando as lacunas para desenvolver um roteiro da futura arquitetura de análise de vídeo do FBI", afirmou em 30 de outubro numa nota.

Ao ligar os pontos, as habilidades desejadas incluem calcular o grau de similaridade entre os pedestres, desenhos grafite, construções ao fundo de fotos e outras imagens recorrentes em vídeos e fotos.

Cada vez mais, a aplicação da lei está contando com captura de vídeo sofisticada em eventos especiais, como conseqüência dos atentados de Boston.

Na maratona da cidade de Nova York, as autoridades implantaram uma rede de câmeras que podia ver quase todo o percurso , em tempo real, relatou o New York Times. Cerca de 1.400 câmeras do setor privado também estavam no pronto, se necessário.

Em abril, o FBI pesquisou com fornecedores as tecnologias disponíveis de armazenamento de imagem/vídeo, que poderiam utilizar das várias câmeras do governo e de propriedades privadas que já estão operando.

Além disso, milhões de marcadores biométricos estáticos de criminosos - reconhecimento facial e íris , por exemplo - estão sendo coletados para o mesmo fim, sob o custo de 1 bilhão de dólares gastos pelo banco de dados de impressões digitais de correspondência de Old Bureau.

É muito provável que este "estudo foi resultado da necessidade de descobrir como analisar a tonelada de vídeo que foi apresentado na investigação de atentado a maratona de Boston, que levou um exército de analistas para peneirar os dados de vídeo para encontrar os caras que pareciam suspeitos ou carregavam uma mochila", disse Paul Wormeli, diretor executivo emérito do Integrated Justice Information Systems Institute, uma organização financiada pelo governo.

Funcionários do FBI disseram que estão interessados na tecnologia, que seria automaticamente "cluster" ou grupo de imagens - por exemplo, programar um computador para agrupar todas as mídias com o mesmo logotipo na camiseta.

A função chamada de "monitoramento e re- identificação", que seguem um determinado indivíduo em vários vídeos para, eventualmente, ajudar a encontrar o nome da pessoa.

Outra característica que seguir certos comportamentos. O "reconhecimento automatizado de indivíduos com base no comportamento" que usam algoritmos para analisar semelhanças na "forma de andar, na expressão, na voz," e outros peculiaridades, de acordo com a terminologia para o projeto de análise de vídeo.

Como armazenamento de dados previsto para novo composto supercomputador da Agência de Segurança Nacional, em Utah, a 'mineração' vídeo tem seus detratores .

Jay Stanley, um analista da American Civil Liberties Union's, responsável pelo projeto de tecnologia e privacidade, especulou no blog da organização em julho que a coleta de dados, eventualmente, onipresente "também poderia ser aplicado ao vídeo/imagens tiradas por drones, por câmeras de rua , por câmeras usadas por policiais , ou pelo Google Glass (que é carregado para a empresa). 

Por que não obter cópias de tudo o que é vídeo, armazená-lo em Utah, e navegas através de todos os dados também (ajudado , é claro, pela tecnologia de reconhecimento facial para retirar-se imediatamente todos os vídeos em que você nunca apareceu)."

"As empresas provavelmente fizeram sua lição de casa sobre o que o governo está procurando", Wormeli disse .

"Muitas empresas têm focado sua criatividade sobre a questão da análise de vídeo só por causa de Boston, quando viram em inúmeras histórias na imprensa de como um vídeo poderia ser útil se tivéssemos a possibilidade de pesquisar facilmente e rapidamente, sem um exército de investigadores derramando sobre cada centímetro de vídeo", disse ele.

Cem horas de vídeo são carregados no YouTube a cada minuto, de acordo com o serviço de compartilhamento de mídia.

"O FBI seria julgado como incompetente, se não explorasse o potencial de análise de vídeo e saiba utilizar o que está disponível, como eles determinam o que deve ser empregado para ajudá-los a analisar essa montanha de dados", disse Wormeli.

Fonte: http://www.nextgov.com/emerging-tech/201...cts/73168/
Via: Fórum Anti Nova Ordem Mundial

 _________

Engraçado usarem um "atentado" (que analisamos aqui inclusive, que não foi bem o que a mídia transmitiu, pra variar...) como desculpa para a nova tecnologia... Confused

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários de leitores mesmo que sejam de anônimos são bem vindos; mas note que somos cristãos e não permitiremos:

◾ Palavrões, xingamentos, deboche ou ofensas pessoais.
◾ Comentários com o uso excessivo de Caps Lock.
◾ Apologia a algum tipo de ocultismo ou de deboche aos Cristãos.
◾ Que contiverem Links de blogs, sites ou vídeos.
◾ Ataques aos respectivos autores (a) do blog.
◾ E/Ou que contiverem SPAM.

Nosso blog é sobre Profecias, Jesus Cristo, Conspiração e Illuminatis. E não um fã de algum assunto, post ou artigo referente ao que é postado no site. Pedimos apenas que tenha respeito e assim seu comentário será aprovado. No entanto, seu comentário pode levar algumas horas para aparecer se os autores (a) não estiverem online no momento de sua postagem.

LIBERDADE DE EXPRESSÃO

É importante esclarecer que este Site, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença" (inciso IX). Além disso, cabe salientar que a proteção legal de nosso trabalho também se constata na análise mais acurada do inciso VI, do mesmo artigo em comento, quando sentencia que "é inviolável a liberdade de consciência e de crença". Tendo sido explicitada, faz-se necessário, ainda, esclarecer que as menções, aferições, ou até mesmo as aparentes críticas que, porventura, se façam a respeito de doutrinas das mais diversas crenças, situam-se e estão adstritas tão somente ao campo da"argumentação", ou seja, são abordagens que se limitam puramente às questões teológicas e doutrinárias. Assim sendo, não há que se falar em difamação, crime contra a honra de quem quer que seja, ressaltando-se, inclusive, que tais discussões não estão voltadas para a pessoa, mas para idéias e doutrinas.

DIREITOS AUTORAIS

Todas as imagens, vídeos e coisas do gênero que aparecem no site são reproduções de outros sites e midiaglobalista.blogspot.com.br/ não reivindica nenhum crédito para si, a não ser que seja propriamente original e criado por nós sem o envolvimento de conteúdo de outros. Se você (ou sua empresa) possui os direitos de alguma imagem e não quer que ela apareça no midiaglobalista.blogspot.com.br/ favor entre em contato pelo e-mail: midiaglobalista@gmail.com e ela será prontamente removida.

ART.220

Art. 220. A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observando o disposto nesta Constituição. Constituição Federal do Brasil (1988)

No Ar

Blog inaugurado dia (27/07/2013)



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...